terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mutação

Veja então como estamos mudados. Moldados talvez. Só sei que não pensamos mais como antes, nem agimos da mesma forma.
Veja que nossos amigos tomaram rumos diferentes, fizeram planos a curto prazo, e estamos tão fartos dos que nos julgam.
Não temos culpa por nos movimentar involuntariamente!
Mas momentânea é a certeza de distância. Estamos lidando com a fé, sem vista alguma.
Já chegamos a perceber quão instável é essa situação e quão sólida a confusão.
Simples e exato tanto quanto amadurecer. Nada de exato nisso, complexo ao extremo, porém necessário.
Mudamos e florescemos ou apenas crescemos?
Concorde que medidas nesses casos é de pouco valor. E que valor havia no caminho interrompido?
Se não enxergamos mais valor e nenhum estímulo, sacrifícios são desnecessários. Por tempos tivemos, por hora, sem direção.
E se dias como aqueles, não voltam mais. Dias novos e mais alegres virão, porém aqueles não mais.

O amor é mais excelente dos caminhos (1Co 13)

3 comentários:

Mileide Almeida disse...

Ontem estive pensando no rumo da vida dos meus amigos...e na minha...as vezes parece que a minha não mudou nada comparada a deles...mas olhando bem para as escolhas que eles fizeram..eu ainda prefiro a minha vida,e a fé de que tudo será melhor...como eu quero!!
Beijokas!!

Vintage ✿ Mademoiselle Priscilla disse...

Olá querida, passando para te desejar um ótimo fim de semana e avisar que estou com um novo endereço...

http://vintagepri.blogspot.com/

Aguardo sua visita

XOXO KISS!

Blogueira Fajuta disse...

Gostei desse texto e não me vejo competente para expressar meus sentimentos de forma tão doce e melancólica como você fez agora.