sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Doce insegurança

Quando a insegurança toma conta de mim, tenho vontade de voltar atrás.
Ser a mesma pessoa, continuar no mesmo lugar...
Como conhecer sem se envolver, como estar perto e não se aprofundar, como se apaixonar sem se jogar de cabeça;
Às vezes preferia não o ter conhecido.
Mas tudo tem sua graça, quando se torna insensato. A insanidade nem sempre é tão terrível assim.
Eu e vc, pq não?
Confesso que seria sem gosto, normal de mais. Insegurança afinal faz parte do sobrenatural. E esse jogo de gato e rato, tem lá suas horas de prazer.
A gente brinca de ser feliz, nos divertimos assim, fugindo do que parece certo.
VC me faz bem, mesmo estando mal. O que me faz mal na verdade, é não ser insegura contigo.
Sentimento insepulto esse meu!

2 comentários:

x-jaquelineworld disse...

Like it xxo ;*

Blogueira Fajuta disse...

Já tive momentos assim. Talvez ainda os tenha, mas com outra intensidade, forma.